Cory Henry – o novo ícone

Cory Henry – o novo ícone


cory-henryUm dos tecladistas da banda de jazz fusion Snarky Puppy, Cory Henry vem sendo apontado como novo ícone da música, demonstrando toda sua habilidade em gravações tanto do meio gospel quando da música secular

Cory Henry é multi-instrumentista e produtor, com um catálogo digno de um homem com o dobro de sua idade. Em 2010, co-produziu o álbum Larger than Life, de Jay White. Nesse mesmo ano, lançou seu primeiro álbum Christmas With You, que apresentou animadas interpretações de clássicos de Natal, mostrando sua habilidade como improvisador. Aos 19 anos, começou a viajar como organista com a lenda do jazz Kenny Garrett, em uma temporada que durou três anos. Na TV, trabalhou nos programas Sunday’s Best for BET e Jimmy Fallon Show.

Entre os artistas com quem já atuou estão Aretha Franklin, Yolanda Adams, Sara Bareilles, Stanley Brown, Ray Chew And The Crew, Kirk Franklin, Lalah  Hathway, Shaun Kingston, Boyz 2 Men, Bruce Springsteen, The Roots e muitos outros. Segue se apresentando com sua própria banda, chamda The Funk Apostles, e com o Snarky Puppy.

 

Seu primeiro instrumento foi o órgão. De onde veio essa proximidade com o órgão?
Minha mãe tocava alguns instrumentos e, quando eu tinha 2 anos, ela me ensinou a tocar “Amazing Grace” no órgão. Com 4, eu tocava com ela na igreja!

mi0004021734Qual a importância de ter iniciado nele?
Bem o que acontece é que, naquela época, todos que iam à igreja eram familiarizados com o órgão e muitos também possuíam órgão em suas casas! Comecei bem novo a mexer nos drawbars tentando alcançar os pedais e tocar coisas que me vinham à cabeça.

Qual a importância da música gospel em seu trabalho?
Foi importantíssimo! No começo, eu tocava todos os domingos na igreja, via as pessoas se movendo de acordo com a música. Foi meu primeiro contato com uma plateia. Tocar gospel foi toda a minha base e tenho muito orgulho disso.

O Snarky Puppy é considerada uma banda pop-fusion. Você se vê, às vezes, utilizando sua base de gospel nesse estilo?
Hoje em dia toco o que sinto que é o certo naquele momento particular. Não penso em recriar ou buscar uma estrutura! Não é desse jeito que formo minhas opiniões musicais. No Snarky, tento preencher os espaços em que sinto que é necessário, deixando fluir…

Como surgiu a oportunidade de tocar com o Snarky Puppy?
Um grande amigo meu, era um dos bateristas da banda e, há 6 anos , ele me apresentou Michael League, que me convidou para tocar em uma música naquela noite. Depois, acabei voltando no ônibus da banda. (risos)

coryhenrythefunkapostles-1024x675Como você se situa entre os outros três tecladistas?
Tudo deve fluir como se fosse uma conversa em grupo: um fala os outros ouvem. Às vezes, colocam uma opinião, a conversa volta para você e depois segue outro rumo, entende? As pessoas dirigem em faixas. Na música, você tem  que estar preparado para acompanhar, “tocar e ouvir “ junto. Na banda, sentimos orgulho por gostar muito de ouvirmos um ao outro.

O Snarky Puppy mistura jazz, funk, world, soul e pop, segundo a própria banda. Qual o grande diferencial do grupo?
Gostamos de misturar um monte de coisas, tentar criar diferentes sonoridades. Então, fica difícil para mim colocar uma definição nisso tudo. Todos na banda tendem a ter o mesmo pensamento musical e, ao mesmo tempo, todos estamos sempre tentando, a cada dia, renovar o modo como cada um e a banda pode soar. Isso faz o “nosso som”!

2968262Você trabalhou com vários ótimos músicos, dos mais diferentes estilos, e em programas de TV. Isso é importante para a formação do músico? Por quê?
O resultado dessa grande jornada – que vem desde lá atrás, na igreja, e depois acompanhando diferentes músicos e trabalhando em programas de TV e no Snarky e agrega muita experiência, profissionalismo e muito mais – foi aprendido com outros músicos que passaram pela minha vida!

Em seu álbum solo, First Steps, o jazz parece ser a proposta mais trabalhada. Qual a relação com Giant Steps?
First Steps é meu primeiro trabalho a ser lançado como artista solo . Tudo foi escrito e produzido por mim e feito em 12 dias. Estou muito feliz por esse projeto e espero que as pessoas o ouçam com muito carinho.

 

Categories

+ There are no comments

Add yours