Tipos de guitarra: como escolher a ideal?

Tipos de guitarra: como escolher a ideal?


Não é por acaso que a música é encarada como a primeira das 12 principais manifestações artísticas humanas. Afinal, é uma arte que encanta a todas as pessoas e, segundo um estudo reportado pelo site G1, evoca boas sensações, como calma, prazer, alegria e nostalgia.

Por essa e outras razões, muitos decidem aprender a tocar um instrumento musical, como a guitarra. Mas será que você sabe quais são os tipos de guitarra que existem?

Neste artigo, resolvemos ajudar tanto os que estão ingressando no mundo da música agora, quanto aqueles que já são amantes de “carteirinha” dessa arte, a escolher a guitarra ideal. Vamos lá!

Quais são os principais tipos de guitarra?

Na verdade, a escolha da guitarra envolve dois fatores: o estilo musical e a personalidade do músico. Esses dois aspectos precisam estar juntos na hora da decisão, pois o instrumento acompanhará o dono por vários anos. Fazendo assim, esse “casamento” será muito bem-sucedido. Vejamos as opções!

Stratocaster

O primeiro modelo de nossa lista nasceu em 1954 e foi projetado pela marca Fender: a Stratocaster. Essa derivação da Telecaster alcançou a fama nas mãos habilidosas de guitarristas lendários como Jimi Hendrix e Eric Clapton.

Além disso, essa guitarra apresenta uma enorme versatilidade, já que permite tocar inúmeros estilos, desde o pop até o metal. Muitos músicos conseguem tirar uma gama variada de timbres com esse instrumento. Por isso, tornou-se a guitarra mais popular do planeta — um best-seller da indústria da música.

No Brasil, a Stratocaster é carinhosamente chamada de Strato. Algo que encanta os músicos são os seus captadores em três single coils e também uma chave seletora que permite a escolha de cinco posições. Isso aumenta as suas possibilidades de timbres.

O que dizer do material com que a Stratocaster foi produzida? Existem muitas variações do tipo de madeira usada no instrumento. Porém, a Ash, conhecida também como Freixo, e a Alder ou Amieiro, são as mais tradicionais no solo americano. No entanto, as Stratos brasileiras são feitas com Marupá, Freijó, Cedro, Mogno, Basswood e Swamp Ash.

Embora a Stratocaster não seja a guitarra mais cara nem a que tem o melhor acabamento entre os modelos mundiais, os seus fãs afirmam que ela possui um som brilhante, que as outras não conseguem alcançar.

Sim! O apelo histórico também criou uma aura de celebridade na guitarra. Mas o que importa mesmo é a sua “personalidade democrática”. Por essa razão, os guitarristas do rock, do blues e até do funk são apaixonados pela Strato.

Telecaster

Lembra que chamamos no tópico anterior a Stratocaster de “derivação da Telecaster”? Como assim? Explicaremos. Entre os tipos de guitarra produzidos pela marca Fender, a Telecaster é a mais antiga e, muitas vezes, encarada como um protótipo da Stratocaster. A história da Telecaster começou em 1950 e com um nome diferente: Broadcaster.

Com o tempo, esse modelo se consagrou no estilo country, mas “passeou” nas músicas tocadas por Keith Richards (Rolling Stones) e Muddy Waters (ícone do blues). Dessa forma, mostrou sua capacidade de adaptar-se a outros estilos musicais.

No que diz respeito ao material que a reveste, a Telecaster tem o seu corpo feito em madeira Alder. Já o braço e a escala, normalmente, são produzidos com uma única peça de madeira Maple. Podemos apontar uma peculiaridade: o braço da guitarra é parafusado no seu corpo.

Quanto aos seus captadores, o instrumento apresenta dois single coils. Além disso, há uma chave com três posições: “braço”, “braço e ponte” e “ponte”. Existem também dois knobs. Um deles é para a tonalidade e o outro para o volume.

Entre os modelos Telecaster mais conceituados, está o que foi produzido em 1952 (Tele 52). O motivo é o seu captador grave do braço, que emite um som aveludado, e o captador da ponte, que possui um agudo encantador.

Les Paul

A marca Gibson lançou, em 1950, a sua produção mais famosa: a guitarra Les Paul. Podemos afirmar que esse modelo é um dos mais conhecidos de todos os tempos na indústria da música. Uma de suas peculiaridades é a utilização da madeira Mogno no seu corpo. Porém, devido às leis ambientais, atualmente é feita a partir da madeira Maple.

Algo que difere a Les Paul dos modelos da Fender é o seu braço colado no corpo. Essa característica é a “cereja do bolo” da guitarra, pois permite a emissão de timbres bem especiais. Outro sinal da marca são os dois captadores humbuckers em alguns modelos, e três em outros.

Com isso, o guitarrista consegue produzir um som “gordo”, ou seja, é capaz de tocar melodias mais pesadas, como as feitas no rock’n’roll. Também é possível tocar músicas cheias de distorções. Entre os ícones que usaram a Les Paul estão Paul McCartney, Jimmy Page e Billie Joe Armstrong — todos do estilo rock.

SG

Uma das atitudes adotadas pela marca Gibson para manter-se competitiva no mercado de instrumentos foi a produção da Les Paul SG (Solid Guitar), ou somente SG. Na verdade, foram as críticas feitas aos modelos anteriores da Les Paul — como o peso e a dificuldade de tocar a guitarra usando as casas nos últimos trastes — que levaram ao desenvolvimento da SG.

Essa linha veio com instrumentos mais finos e leves, com dois cutways afiados e um sistema de alavanca. Seu corpo é feito com madeira Mogno. Além disso, o instrumento vem equipado com dois ou três captadores humbuckers.

Um detalhe que agrada aos músicos são os controles individuais de volume e de timbre para cada um dos captadores. Muitos famosos da música usaram a SG, como Angus Young (AC/DC), Tony Iommi (Black Sabbath), Carlos Santana e Eddie Vedder (Pearl Jam).

Embora existam inúmeros tipos de guitarra, como vimos, os seus modelos, peculiaridades e histórias são bem diferentes. Todos esses aspectos influenciam um músico na hora de decidir qual modelo comprar.

É claro que o preço também pesa bastante, pois depende de quanto dinheiro o comprador pode desembolsar. No entanto, seja mais cara ou mais barata, famosa por ter sido usada por celebridades ou quase anônima, todas as guitarras podem ajudar um iniciante a aprender a arte de tocar uma bela música.

O que achou de nosso artigo? Gostou dos tipos de guitarra que apresentamos? Quer entender melhor qual delas comprar? Então, entre em contato com os especialistas em instrumentos musicais da Tecla Center!

Categories

+ There are no comments

Add yours